2007-06-30

Viagem e bagagem III

Uma amiga comentou que na lista de viagem e bagagem (poste do dia 23 do corrente) que faltava indicar o preservativo.
Devo esclarecer, não inclui, não foi falta de esquecimento, mas porque:
1º - Não uso, (homem casado com compromissos não se mete em aventuras, essa situação é boa para os jovens, os menos jovens, solteiros e assim assim, eu sinto-me bem casado, obrigado.
2º - Um homem prevenido anda sempre com uma camisinha na carteira, (ocupa muito pouco espaço), e não se pretende ensinar a missa ao vigário.
3º- Não pretendi fazer uma lista exaustiva. Se desejarem, o apoio enviem indicação para onde vão passar férias e tempo etc. e então poderei dar umas dicas para ajudar a fazer a mala.
Importante: Cuidado uma noite de prazer pode tornar-se numa eternidade de sofrimento. Quem anda á chuva molha-se.
Faça amor seguro.

Na listagem aqui vai o que faltava
Para eles: Preservativos, (ás bolinhas, a cores, com sabores, ao gosto do freguês)
Para elas: A pílula do dia a dia ou a do dia seguinte. e o tampax, ( para quem vai ao banho, e porque é mais discreto)
Não mencionei secador de cabelo, e outros artigos, quer para ele, quer para ela, a intenção é reduzir o volume e peso da mala.

2007-06-29

Prémio Euromilhões - Confira o boletim

Cuidado, já não se pode ter confiança em ninguém, viram a noticia, em França saiu um Euromilhões, no valor de 35 milhões de euros, a uma pessoa que fazia sempre uma chave fixa todas as semanas, foi á tabacaria, papelaria ou lá o que era, confirmar se aquela aposta tinha algum prémio e provavelmente registar outra. A pessoa que recebeu o boletim disse que nada tinha e ficou com o mesmo. Veio a verificar-se, pelos próprios serviços de propria lotaria, que a informação era falsa. As pessoas da tabacaria, ficaram com o boletim, deram a informação errada ao feliz contemplado, e entregaram o boletim a outra pessoa para reclamar o chorudo prémio, e fecharam o estáminé.
Por sorte foi descoberto a tramóia, e foi entregue ao verdadeiro premiado, a importância que os outros ainda não tinham gasto, e provavelmente cadeia, que é o que merecem
Que sirva de exemplo, eu também jogo e raramente confirmo em casa se tem ou não prémio,
confio na pessoa da papelaria que me atende, estou é atento ao mostrador, que infelizmente indica quase sempre , Não Premiado ou então importâncias ridículas com o respectivo valor indicado na maquina, como sempre é necessário o pagamento de novos boletins recebo o talão de acerto ou pagamento. Não sei se será um bom método mas é o que utilizo. Pelo que aconteceu é caso para dizer "temos de ter um olho no burro outro no cigano".
Recomendo, se não quiserem estar com a trabalheira de confirmar os números do Euromilhões, ou Totoloto, no mínimo prestem atenção ao mostrador-ecran da máquina e recebam sempre os boletins sem prémio e destruam noutro local ou em casa, assim não haverá a tentação de alguem vos enganar,
Joguem, e se não sair a mim que sai a um de vós (a todos não que assim o prémio era mais pequeno, mas a um de cada vez).
Com ou sem prémio sejam felizes, e com saúde.

2007-06-28

Museu Colecção Berardo - Visitas

Obtive informação de que o museu colecção Berardo , vai manter gratuitamente as visitas, até ao próximo domingo com o horário entre as 10.00h e as 19.00h. Se gostam de arte moderna aproveitem, pois a pagar será por certo mais frustrante.
A cultura é para todos a "arte" não tanto.

Museu Colecção Berardo.- Artistas

Aqui vai então umas dicas sobre o museu colecção Berardo , para não ser só má língua
Como se verifica, não sou apologista do negócio da arte, dos falsos mecenas de custos, com verbas astronómicos por peças independentemente do valor artístico presente Mas vamos deixar de lado estes entretantos e vamos á exposição concretamente.
Trouxe comigo umas brochuras por temas e salas, que nos servem de guia e temos:
Picasso duas pinturas de Pablo Picasso1929. “famme dans un fauteuil rouge, e “famme dans un fauteuil rouge (Métamorphose)”, óleo sobre tela.
Surrealismo e mais além :com Salvador Dali 1936 “White aphrodisiac telephone”;André Masson “Femme attaqué par des oiseaux “1943; Mário Cesariny “Too long at my father´s house”,1976; René Magritte “Le gouffre argenté”,1926;
Re-take: Fotografias de Jorge Molder “Nox,1999” Ernesto de Sousa, “A tradição como aventura”,1978.
Figura reivintada com obras de Eric Fischl “Mother and daughter” 1984; Paula Rego “The Barn”,1994; Pierre Klossowski “Les barres parallèles VII” de 1984.
Poder da cor :com FrankStella “Hagamatana” 1967; Ângelo de Sousa “Sem título (10quadros para o ano2000)” de1985; Frank Kline “Sabro”,1956.
Pop & Cª: Lurdes de Castro”Sombra projectada de Claudine Bury,” 1964;AndY Warhol “Ten-foot flowers,1967.
In situ: com peças de João Paulo Feliciano “White cube/colour cube 2007, Ann Verónica Janssens “Sometimes”,2007.
Autonomia: com filmes de Ana Mendieta “Untitled (Blood sign#2/Body tracks),1974; fotografia de Cindy Sherman “Untitled (Vivienne Westwood)”1993.
E tantas outras pinturas, fotografias, esculturas, umas de fácil interpretação, outras nem tanto ou mesmo nada.
Outras salas com obras, haverá que requerem mais ou menos a atenção de cada um, dependendo da sua formação, conhecimentos de estética e gosto.
Deverei aqui criticar o facto de verificar que as placas de identificação dos objectos e pinturas, não estão bem localizadas sendo um pouco confusa a sua leitura, sem grandes legendas e principalmente afastadas das obras, o que dificulta a imediata a sua identificação, um repara, que creio ser fácil de corrigir.
Resumindo, não direi para não irem ver, mas recomendo ir com expectativas baixas, para ficarem satisfeitos, e não desiludidos.

Museu Colecção Berardo.-Miséria

Colecção museu colecção Berardo.
Fui ao centro de exposições do Centro Cultural de Belém CCB agora designado Colecção museu colecção Berardo.
Começo por dizer que não percebo nada de arte e muito menos moderna ou contemporânea. Sou um autentico leigo, um brutinho se quiserem, para mim, um painel pintado de uma cor, ou uns riscos ou traços, digam o que disseram não é arte. são borrões.
Gosto de ver o que é belo, o que nos transmite algo, alguma coisa que se aproveitei, mais pintura clássica, moderna mais expressivas, mas cheio de curiosidade fui ver.
Que desilusão que desperdício de espaço e dinheiro está tudo louco, um Estado que diz não ter dinheiro para nada, nem sequer para mandar cantar um cego, que corta na saúde que quer cortar nas regalias sociais, gasta fortunas com coisas supérfluas.
Aquelas enormes salas quase vazias, com meia dúzia de "mamarrachos" nas paredes ou espalhada pelo chão a que chamam arte, saber que nos hospitais as pessoas se amontoam por não haver espaço, dói. O museu colecção Berardo, como é designado é um atentado á moral pública.
Aquilo é para as elites, para os intelectuais e pseudo- intelectuais, não é para o povo.
Conforme não querem que o cidadão tenha um serviço nacional de saúde tendencialmente gratuito, que tenham acesso a bons a hospitais, pois as boas condições estão destinadas só a alguns, os que tem dinheiro, o mesmo se passa com a dita arte.
Onde não existe educação, falta a instrução escolar necessária, aonde a cultura em quase todas as suas vertentes anda arredada do cidadão comum, depara-se com esta megalomania.
Venho mal disposto, percorre-se aqueles longos corredores, alguns desertos e mais uma sala e outra, com objectos e meia dúzia de telas e muita daquelas “ bela arte” pergunto porque é que não está no lixo.
Verifica-se que o sr Joe Berardo necessitava de espaço de um enorme armazém para por a "tralha", com a ajuda conhecida, encontrou solução, mas com o dinheiro de todos nós, porque se o senhor é tão rico tão benemérito, porque é que não mandou fazer um armazém, edifício, ou um museu com o seu nome e fazia o que queria e colocava os objectos que não quer ter em casa. Tinha um museu com o seu nome ponha em exposição os "trastes" que queria, mas tudo com o seu dinheiro.
Fui ver a exposição mas verdade se diga, não paguei, foi de borla, e ainda bem senão ainda chorava o dinheiro que eventualmente teria despendido.
Mas com isto tudo não quer dizer que toda a exposição é uma "trampa", á gostos para tudo, até para o que é mau.
Tem principalmente umas fotografias com interesse, direi mesmo com bastante interesse e um ou outro quadro mas poucos, para a enormidade de salas e espaços.
Os auditórios, provavelmente por ser cerca das 11.00 horas da manhã, estavam fechados.
Depois tem salas ou espaços que projectam filmes, ou documentários, ou outra coisa qualquer, com legendas mas não em português, nós sustentamos isto, e temos de ser ingleses, ou outros menos portugueses, a língua de Camões não tem valor.
È verdade, na recepção oferecem a quem o desejar um “pine” , do feitio de um coração, de cor vermelha e com a seguinte frase “culture for life”, bonito verdade, muito português, e boa vida é daqueles que vivem á nossa custa, .é tudo muito “in”
A cultura não é um luxo, só para alguns. Devia ser sim para todos, mas nem todos tem acesso, nem aos estudos, educação quanto mais Arte.
A cultura é alimento: Só o diz quem não tem fome, quem tem uma boa casa, boa comida, boa dormida bom dinheiro. Alguém imagina que numa sala de exposição de pintura, se encontra alguém com fome, que num teatro se encontra alguém que ao sair dali não tenha um local onde dormir, que alguém está num concerto ou numa opera, com fortes dores por falta de dinheiro para os medicamento ou por assistência médica condigna.
Só fala "baboseira" quem tem a barriga cheia.
A cultura é importante fundamental ao desenvolvimento de um país, faz bem ao espírito e á mente, mas não alimenta o estômago. Diriam por certo, muitos artistas que viveram na miséria, e que morreram passando fome, outros vivem passando privações por amor á arte, só são reconhecidos depois de mortos, a historia tem bastantes casos.
A cultura é um negocio,e pouco tem de arte, isto dito por um leigo que sou eu..

2007-06-26

Um dia

Foi tomar café, e ao colocar retirar um pacote de açúcar, deparei com a seguinte frase, Um dia nunca mais digo “um dia” (cafés Nicola) vim para casa. E essa frase que pode ter, um significado mais profundo que á primeira vista se possa imaginar, serviu-me de inspiração, pelo que resolvi escrever este poema.

Um dia não direi…. Um dia
Esse dia há-de chegar,
Hoje, amanhã, não sei
Um dia não direi …Um dia
Vou fazer, farei…Fiz
Vou dizer, direi … Digo
Acção e pensamento num só
Um dia não direi… Um dia
Criei um filho,
Plantei uma árvore,
Escrevi um livro,
Viajei pelo mundo.
Um dia não direi… um dia
Nesse dia direi… É o dia
Hoje e não outro dia
Que me sinto realizado
Que não sonhei, realizei
O dia que não direi… Um dia
Um dia, direi… O dia é agora.

Um dia não direi… Um dia
Não há guerras e ódios
Não há racismo, xenofobia
Fome, miséria, atrocidades
Nesse dia, um qualquer dia
O mundo é infinitamente melhor.

2007-06-24

Um discurso politico à maneira

Minhas senhoras e meus senhores, direi que a conjuntura actual, na sociedade que se pretende homogénea, humanamente complexa, com o clima afectado pela conjugação frontal da pertinência associativa a uma segunda via, ligando o orgulho patriótico de defender o incontrolável fenómeno apresentado por radicais de esquerda e com a concordância da direita, tendo os moderados ao centro na reunião havida, no conhecimento no prévio com o intuito de satisfazer a prerrogativa da malograda vicissitude com a perseguição politica, de onde se extrai o conteúdo da defesa do interessasse alguns. A liberdade de expressão é aquela a que está subentendida pelo essencial do debate, com a politica como a discussão fundamental a veleidades que só nós temos direitos, não devendo ao povo a ousadia de dar mais um passo do que lhes é permitido, desde que satisfaçam o bel-prazer dos ilustres políticos da nossa praça, e digam que sim a tudo que emana desta atitude e dos governantes.
A magnitude da obra alcançada não conclui se a mesma se deve a interesses obscuros por não dizer ocultos na verdade do enquadramento imediato dos factos. As forças estranhas ao contexto primordial pelo que apraz introduzirem no seu seio a ideia de que não somos democraticamente responsabilizados. A campanha orquestrada pela oposição sugere que não se deve empenhar na campanha destabilizadora do crescimento do pepino, tendo a agricultura como pólo de atracção ao famigerado plano para o sector pesqueiro tendo como alvo a sardinha assada tão ao gosto dos portugueses e como liberais deixamos o cidadão colocar na sua mesa já de si, recheada graças ao orçamento estabelecido por esta câmara
Os portugueses devem e podem, estar contentes com a situação da economia actual, com os medicamentos mais caros, o que prova o seu forte poder de compra, o acesso á saúde facilitado com os novos hospitais e clínicas privadas, á educação em que todos passam mesmo não sabendo, alem do acompanhamento dado aos imigrantes, em todas
as actividades quer nos serviços do estado, como na construção civil, em especial nas grandes obras auxiliando os construtores cíveis, empreiteiros e subempreiteiros que não pagam salários a bem da economia nacional.
A vossas excelências me dirijo, somos democratas de longa data, tendo como expoente máximo a que nos acobertamos desde o 25 de Abril não sei o ano porque estava de viagem, tendo toda a minha família descendendo de monárquicos, até que um familiar por parte do meu avô recorreu a uma linha mais degenerativa e se transformou em republicado, e depois apoiando o Salazarismo mais retrogrado.Com a chegada do comboio (no sentido figurado), que apanhei em andamento, com o risco de não acertar na estação certa, aqui estou de corpo e bolsos a defender a minha causa que é a nossa, e não se diga que os lobis existem, pelo simples exercício de gerir uma pequena empresa em que o estado tem demonstrado a sua preferência, não será a degradação do estado.
Para não surgir duvida deixamos os nossos correlegionários também se governarem, não permitindo a quem não faz parte desta assembleia e não é tão esperto como nós de terem a veleidade de escolha ou o atrevimento de criticar a nossa tão honrosa acção.

Nota do autor: Discurso sem conteúdo, sem coerência, demagógico, como é apanágio de alguns políticos, governantes e similares (agentes políticos, incluindo comentadores e jornalistas) que gastam o tempo, a saliva, e o nosso dinheiro, para demonstrar que são úteis.
Cuidado, não se diga mal dos políticos, em especial dos governantes e dos deputados em particular, pois eles:
NÃO SÃO: Camaleões sem espinha dorsal, Corruptos, Desonestos, Demagogos, Fascistas disfarçados, Interesseiros, Mentirosos, Parasitas, Pseudo-democratas, Vendedores da banha da cobra (respeitinho pelo animal) – Estou sonhando.
ALGUNS SÃO: Abnegados á causa publica, de Ética exemplar, Com sentido de Estado, Democratas, Honestos, Impolutos, Verticais.
Se mais algum adjectivo deseja acrescentar faça o favor. De preferência por ordem alfabética, é mais democrático.

Eu autor não sou anarquista, fascista, de direita, centrista, talvez um filho de outra senhora, e do povo anónimo, que preza: a honestidade, a democracia, a verdade e está contra todas as formas de injustiças, e desmandos do poder, É verdade, não gosto dos políticos, sou alérgico, doença que sofro desde os anos 60.

2007-06-23

Um restaurante a visitar

Fui almoçar ao Brasa da Belavista, em Sassoeiros, comecei com uma saladinha de polvo, para degustar, como estava na conversa amena com uns amigos, nada melhor que nos entretermos com uns caracóis cozidos, que não estavam nada maus, entretanto já tínhamos pedido umas sardinhas assadas que estavam uma maravilha, depois de ingerir a meia dúzia de sardinhas, fresquinhas e deliciosas, uma maravilha, acompanhadas de uma salada mista (tomate, alface, pimentos e cebola,) e uma batatinha cozida. Terminei com um uma tarte de framboesa, e um café, diga-se não de boa qualidade a destoar do almoço.
Restaurante remodelado, com um visual mais atractivo, mas simples e funcional, com especialidades no carvão, empregados simpáticos e serviço competente, as doses é para quem come bem.
Recomenda-se, pelo serviço e preços, dentro do normal. (Passo a publicidade, não tenho interesses)

Viagem e bagagem no feminino

Conforme sugestão e dado a lista anterior não constar a situação de acompanhante (ou só senhora), apresento um complemento, considerando as linhas anteriores que ás senhoras diz respeito e outros a não esquecer, mas queridas amigas não exagerem:

Para a acompanhante
Utilizar a lista anterior complementando com:
Higiene
Produtos de beleza (pintura+ batons+ perfume+desodorizante)
Cosméticos, diários, cremes de noite e de dia
Pensos higiénicos diários
Utensílios úteis
Relógio de pulso
Revistas
Estojo de manicura
Ferro de engomar tipo viagem (se necessário á roupa a levar)
Vestuário
Roupa interior (cuecas+ soutiens+meias)
Camisa de dormir
Blusas+ Pólos + T-shirts femininas
Vestido + mala +sapatos para noite festiva ou discoteca
Agasalho para noites frias (chaile, casaco,camisola)
Alguma bijutaria, pouca, (brincos+colares+ pulseiras)

Nota: Já sabem, a quantidade depende dos dias e locais, mas quanto menos melhor.Em ultima analise para onde vamos deve haver algo para se comprar, se necessário.
Boas férias, boa estadia, divirtem-se e sejam felizes

Viagem e bagagem

Um amigo meu vai viajar, fazer férias, descansar a mente e corpo, problema dele e de quase todos nós o que levar. Em Maio escrevi sobre o titulo “Férias a escolha acertada”, por isso, ou talvez não, viu e me telefonou, tendo como de tema de conversa principal o que deveria levar (sabemos que deverá ser um acto pessoal) mas há sempre umas dicas que ajuda e aqui vai:

Documentos (carteira)
Bilhete de identidade
Passaporte, (se necessário)
Visto de autorização (se necessário)
Carta de condução internacional
Cartão europeu de seguro de doença (se necessário)
Cartão de vacinas, ( se necessário)
Cartão Multibanco ou Visa
Dinheiro: Euros ou moeda do país de visita
Bilhete de embarque, programa e outros
Bagagem
Mala de viagem resistente c/rodas (trolley)
Mala de mão (pasta, saco ou bolsa)
Saco ou mala desdobrável de reserva
Chapa de identificação da mala
Cinta+Cadeado + chaves para mala
Medicamentos
Medicação a tomar, (se necessário)
Caixa de primeiros socorros
Comestíveis ligeiros, bolachas (lanche)
Higiene
Estojo de higiene pessoal (mala ou saco) contendo:
Pente ou escova de cabelo
Escova + pasta de dentes
Máquina de barbear + laminas + gel de barbear
After shave + água de colónia, + desodorizante
Bronzeador +anti-replente (se necessário)
Utensílios úteis
Chaves de casa, temos de voltar
Óculos de sol + Óculos de leitura (se necessário)
Máquina fotográfica e acessórios
Telemóvel + carregador
Leitura de lazer + Guias turísticos (se necessário)
Bloco de apontamentos + esferográfica
Canivete multiusos
Pequeno conjunto de agulha e linhas
Maquina de calcular (se necessário)
Vestuário
Sapatos confortáveis
Ténis, mocassins ou sandálias, Importante algo pratico
Havaianas ou chinelos de praia
Roupa interior (Cuecas+meias)
Lenços
Calções desportivos e de saída
Calças de ganga, jeans é muito prático
Calças tipo clássico
Cintos para calças e calções
Plouver, casaco de malha ou camisola p/ eventual frio
Camisas frescas
Pólos, + T-shirts
Boné ou chapéu, protecção da cabeça
Fatos de banho
Toalha de praia

NOTAS:
Importante:
Levar a menos bagagem possível
A quantidade depende do nº de dias de estadia
A qualidade depende da zona, e condições do clima
A documentação depende do destino EU, outros
Faça umas boas férias e já sabe.
Quanto mais carregado pior, e não se veste tudo

2007-06-21

Tempo

Mais alto mais alem
A deslocação do ar e do vento
O calor, a chuva, o frio
Geada, neve e granizo
No tempo era vencido,
Transposta a distancia percorrida
quilómetros, léguas,braças, milhas,
O tempo é curto.

Um apêndice, um clarão,
O tempo, é tempo
Já, amanhã ontem.
O esvoaçar de nós,
Um interregno de existência.
Não se mede, não se conta,
Nós passamos por ele.

2007-06-20

Quadras Populares


Dado que tristezas não pagam dividas nem outras amarguras como a de á pouco, vamos ser mais alegres e cada vez mais críticos, pelo que apresento umas quadras populares dedicadas ao período que atravessamos "dos santinhos" haver se fazem milagres .

Os ilustres em S. Bento
O Cavaco em Belém
Para a câmara de Lisboa
Qual será o filho da mãe.

Na praça do município
Um alarido infernal
Eleições vai haver
Quem é o eleito afinal

Eleições para Lisboa
Campanha, discursos e tal
Qual deles o mais honesto
Nesta corrida eleitoral

O Costa já se apronta
O Negrão esta-se a aprontar
O Carmona já lá esteve
Todos se querem safar

O Telmo também concorre
O Zé não pode faltar
Rubens também passou
O que querem eles ganhar

Nestes últimos anos
Tem sido uma rebaldaria
Por culpa do PSD CDS
Do PS, CDU e companhia

Para se colocar num vaso de manjerico, vem um pouco atrasado é certo, mas ainda podemos utilizar nas festas de S. João e de S. Pedro

Sócrates apresenta queixa crime

Sócrates apresenta queixa-crime contra autor de blog

Em causa estão textos sobre a licenciatura do Primeiro-ministro

primeiro-ministro, José Sócrates, apresentou uma queixa-crime contra o autor do blog «doportugalprofundo»,António Balbino Caldeira, noticia o Expresso on-line. Em causa estão os textos que o professor de Alcobaça escreveu sobre a licenciatura do primeiro-ministro
noticia retirada de Portugal Diário oneline á poucos minutos.
ainda não me debrucei muito sobre o assunto, mas parece que a democracia é só para alguns, recordo somente o caso de Alberto João Jardim, que tem injuriado o 1º ministro, e o país e nada lhe acontece, os pares protegem-se uns aos outros.
Nada tenho haver se o 1º ministro tem ou não canudo, tem ou não licenciatura, pouco me afecta ou nada, mas sim tenho a ver como todos nós das politicas realizadas por este governo. Vão-me ao bolso

2007-06-19

Doença prolongada/morte

A idade avançava
A doença, a agonia
A resignação existia
O fim aguardara
Não falava, não sorria
Os dias, as noites passavam
Ela, vegetava não vivia
Pouco dormia, pouco comia.
Seu extremoso marido
Ao seu lado sempre estava
Cuidava, lavava, alimentava-a
Também sofria, enfraquecia.
Recebi agora a noticia,
Deolinda de seu nome
Nos deixava, morria.
Descanse em paz

Em memoria da minha tia Deolinda Coelho
Nascida aos 23.09.1919 - Trás-os-Montes
Faleceu aos 18.06.2007 - Rio de Janeiro

A triste realidade

Adormeci?
Sonhei que voava
Num mundo desconhecido,
Batalhas que são lutas,
Confrontos derrame de sangue.
Tiros, estrondos aflições,
O ribombar dos canhões,
Fogo, destroços mutilações,
Terrorismo
Choros de aflição, angústia
Assaltos, roubos, vandalismo
Encontrei
Dor, desespero, desalento, emoção
Quem tudo perde e nada tem,
Transpirava, ofegava, gemia,
O segredo estava naquela mão
Acordei, desliguei o botão
Tudo negro, escuridão
Não era sonho, entorpecimento
Realidade
Imagens deste mundo
Num ecran de televisão.

2007-06-18

O mundo da droga á minha porta


Vindo, para casa, quase á porta, deparei-me com espectáculo degradante, que a muitos afecta, direi que na minha zona infelizmente há um mercado de droga, local onde se vende concretamente não sei, mas também não é difícil saber, basta ver os mortos-vivos que para lá ocorrem diariamente.
Policiamento, de longe a longe e claro pouco ou nada vê, mas vamos ao que interessa fundamentalmente, deparei com um individuo dentro do carro ao volante, não, não estava a conduzir, o carro parado ele a injectar-se, o que poderia ser já uma coisa normal hoje em dia, e que se verifica por esta cidade, e outras, Mas o que de facto me chocou, é que no banco de trás numa cadeirinha se encontrava uma criança de tenra idade chorando.
Verifico muitas das vezes, o estacionamento de carrinhas de empresas, cujo funcionário lá vai buscar mais uma dose e se injectar, jovens, menos jovens e a miséria continua.
Será que não se poderia acabar ou suavizar estas situações, acabando com o mal na origem, hoje muitos não estão demasiadamente agarrados e podem recuperar, mas com um acesso tão fácil, não sei se será possível.
A minha opinião e não sei se estarei enganado, não sou técnico na matéria, já sofri, a vida nem sempre correu bem, nem corre como nós o desejamos, mas não fui pelo caminho mais fácil, como muitos de nós não o fazemos, o caminho das drogas.
Porque em vez de o Estado, ou Governo, andar a gastar rios de dinheiro, a criar comissões, postos de atendimento e mais não sei quantas organizações onde é tudo custos, não seria mais fácil uma vigilância mais atenta, mais repressiva, porque não o dizer.
Hoje cometem-se crimes, roubos, assaltos, com a maior das facilidades pois a punição é quase nula, (coitadinho é um drogado) e este é drogado transforma-se em estatuto em que quase tudo é permitido, andam nos transportes públicos, com cheiro nauseabundo, sim porque muitos destes drogados são porcos e maus, quase que nos obrigam a dar moeda no estacionamento do nosso carro, mesmo que não tenhamos necessidade, (a verdade é que não damos, pagamos) para e muitos outros males inseridos na sociedade.
Gasta-se dinheiro a fornecer seringas gratuitas, kits, para se injectarem, e eu verifico, e vejo, que eles naquela fome, escondem as seringas uns dos outros, mas depois andam á procura delas e qualquer serve, a água é a da chuva, de um charco, mesmo que pouco limpa, e gasta-se dinheiro e nada se resolve.
Tenho muitas das vezes este espectáculo degradante ao pé da porta, dado que ao lado existe um prédio desabitado. Se fosse ministro tinha policiamento á porta e não me incomodavam, se fosse rico, podendo viver num dos condomínios fechados agora tão em moda, não me incomodava, mas não.
Ligar para a polícia já não resolve, com o caricato, uma vez a minha esposa ligou e quando veio o polícia disse aos drogados de onde tinha partido a queixa, escusado será dizer que tive problemas.
Será revolta pergunto porque é que não se acaba com este trafico, a minha resposta e por não ser técnico, talvez a mais fácil, porque movimenta muito e muito dinheiro, muitas influencias, pois não acredito que seja um pequeno traficante ou passador, que tem dinheiro para mandar vir droga desses países distantes, tem de ser poderosos que se encontram na sombra, vivem á custa da raia miúda e da miséria humana, escondidos como ratos, sobreviventes como pessoas de bem, e não temos quem ponha mão nisto.
Já me alarguei estou triste esta juventude se perde, o que será o dia de amanhã, o de meia dúzia de poderosos, uns tantos zumbis,
Mal vai este mundo, pois sabemos que este problema da droga não é mal exclusivo doe portugal, não deslumbramos melhoras, e que se passa á minha porta, passa-se á porta de muitos de nós e em muitos países, globalização é o que é.

2007-06-17

Pensamento confuso

Eu penso, logo existo, não é nada original, alguém o disse muitos o repetiram,
Mas será que existo, qual o pressuposto de tal afirmação.
Existir ou pensar, compreende-se viver, sonhar,
Possuir os sentidos a funcionar, trabalhar, descansar, meditar,
Lógica, movimento, espaço harmonia meditação,
Viver o dia a dia com a natureza e com o nosso próximo,
com o amigo e inimigo, heroi e vilão, só e com a multidão
Pensar em quê, diriam alguns na morte da bezerra,
Pensar na existência, o que somos e o que fazemos, porque somos e não somos,
Ando deprimido, penso mais do que actuo, será um erro grave,
Um defeito uma anomalia nesta maquina que é o ser humano, não sei, será?
O pensamento voa, mais rápido que o movimento, o gesto, a acção
O pensamento é tudo e não é nada, desfaz-se como uma bola de sabão,
A reacção- acção , ou consolida-se como uma rocha,
Define o viver uma rosa, com cheiro, beleza e espinhos,
O esforço de alcance, o pensamento é o sonho, que se realiza ou se esfumaga,
uma onda de espuma, um vento forte, uma neblina no horizonte
O possível e o impossível, o contraditório, os factos, a absorção de tudo e de nada
O pensamento não é realidade, é sonho de uma noite mal dormida

2007-06-16

Criar vias rápidas com fartura, é preciso

Que chatice ( para não dizer outra coisa) é esta, ainda não acabou a telenovela do aeroporto. Tendo a Ota como vedeta principal, agora vem Alcochete, entrar no folhetim, pelo que o guião foi alterado. A novela começa dentro de momentos (dias), mas que m…
Já nos quem impingir outra novela , o famoso TGV, é que nem no nome são originais, é á finos, foram buscar o nome francês , aliás até não está mal visto, ganhamos como eles, temos gasolina mais cara que eles, pagamos mais impostos, temos uma vida melhor que os franceses, é só saúde.
Em Portugal para português, o mais certo é não o ser, somente pagamos a factura deveria chamar-se TAV (Transporte de Alta Velocidade) já sei vaõ dizer que TGV não é do francês mas signa de (Transporte de Grande Velocidade) espertos, os espanhóis,. esse tem o AVE (Alta Velocidade de Espanha), não vão em francesismos
Bem já que estão com a mão na nossa massa, vou arranjar aqui mais uma vias de comunicação para o nossos governantes e afins poderem se entreter, mandar fazer estudos e mais estudos, o povinho paga ( como já dizia o outro , o povo é sereno) que tal fazer com a máxima urgência, prioridade absoluta, um TPE ( Transporte de Governantes para o Espaço) um FPE ( Filhos da... Professora no Espaço, (não rima mas é verdade) ou ainda CGV (Correr Governantes á vassourada), ou ainda, como a zona é desabitada um SRB (Submarino Rápido para a outra Banda) como fomos informados pelo ministro precisa de gente rapidamente.
Creio que a maioria dos portugueses apoiava, ficaríamos não na lista dos 20, da sociedade civil, mas de uns 2 milhões, pelo menos. Não haveria era banquetes de bola para todos, ( só para os vinte benemérito iniciais, mas não fazia mal, já estamos habituados a comer uma sandocas de torresmos, ou de pão com chouriço.
Bloguistas vamos apoiar as novas vias de comunicação, ou outras que queiram indicar, os grandes empresários, grupos financeiros e empreiteiros precisam de betão, o cidadão comum mais que a saúde, educação, justiça condigna, o precisamos disto como do pão para a boca.
Nota diz-se blog , quem os faz são bloguistas ou bloguers ?

Frases para o contra-ataque

Frases da politica, mais que batidas e já não convencem ninguém, normalmente em contra-ataque (com ou sem razão já ninguém acredita) empregue normalmente pelo nossos estimados politicas e afins, quanto mais alto é o poleiro, mas ênfase se aplica,
Aqui fica o nome de alguns, conhecem? : dos fuga para a frente, os consciência pesada, os de cu preso, os “Onestos” ou Ernestos?

- Perseguição politica........................................… - É sempre, isto já é mania
- Campanha orquestrada .................................. - Sem orquestra não havia baile
- Discriminação das instituições.......................... - Quando nós somos a instituição,
- Destabilizar o trabalho produzido..................... - Qual o suor é tanto que até transpira para fora
- Pretensão de denegrir imagem ....................... - Será que imagem é de virgem
- Atitude conspirativo.......................................... - Seria de quê , de louvor !
- Alvo de uma campanha...................................... - Se é alvo é para acertar e deitar a baixo

nota: Hoje estou mesmo no em baixo, e mais não digo, não me apetece escrever, não me apetece deitar, não tenho sono, só sai de casa para passear o meu Husky siberiano de nome Ace, de olhos claro, e pêlo cinzento e branco. De manhã e ao final da tarde me chama, a indicar que está na hora dele, e lá vamos fazer o passeio higiénico, com saquinho.

2007-06-14

Placares da poluição


Os placares têm uma imaginação fértil, como as ideias de cada candidato, (poucas ou nenhumas), a maioria mostra a cara dos candidatos, (o que será positivo), Excepto o BE
PS - RIGOR . Enquanto lá estiveram qual foi, qual será?
PSD - LISBOA A SÉRIO. Anteriormente era a brincar, estão a brincar connosco?
CDU - FORÇA ALTERNATIVA. É bom que o sejam, e a quê, ou a quem?
CDS - COMPETÊNCIA. Como tem demonstrado? porque tiraram quem o era?
BE - O ZÉ FAZ FALTA. Quais deles, o Zé-povinho? Só um?
Nota: Dos outros sete (7 ) candidatos, ou candidaturas, não consegui encontram um placar, o desde já agradeço, como lisboeta, pois poluição e lixo já existem muito nesta cidade.
Já se viu na igreja, nas marchas populares, os 12 candidatos magnificos ...... e tudo a comer, é muita gente. Preparem-se vamos os ver muito mais, recomendo óculos bem escuros, e tampões para os ouvidos

10 Curiosidades para todos os gostos II

- Direito de voto às mulheres
· 1893 A Nova Zelândia foi o primeiro país que concedeu voto ás mulheres
· 1918 As mulheres puderam votar em Inglaterra
· 1920 Foi incluído na constituição dos EUA a direito de voto das mulheres
· 1952 A Grécia (berço da democracia) só foi possível neste ano
· 1976 Ano que em as mulheres em Portugal tem plena igualdade de voto
· 2007 Ainda existe muitos países em que as mulheres não tem qualquer direito politico.-Infeliz-
mente e injustiçadamente, esta é a verdade.
- Profissionalmente ás mulheres exige-se mais que aos homens, tem de provar e mostrar
competência, o não acontece ao homem. - Por isso é que não se escolhe mulheres
incompetentes para cargos importantes (como tudo há excepções).
- A mulher e o livro, dois elementos ainda hoje considerados perigosos. - sabemos porquê.
- Sabia que alguns machos de aves e de insectos, oferecem comida à parceira como presente
nupcial. - Não é só o bicho homem
- O cérebro trabalha mais que todo o resto do nosso organismo, tendo no entanto pouco mais de
2% do peso do corpo humano, e utiliza 20% da sua energia.
- Sabia que se comer peixe de água doce, cru ou pouco cozido, pode ingerir ténias de peixe. Estes
parasitas alojam-se no intestino delgado, podem durar mais de uma dezena de anos e provocar
anemia. -Tal não acontece se comer peixe de agua salgada.
- O papa Clemente VII (1523-1534) gostava tanto de cogumelos, que proibiu alguém comer os
produzidos nos terrenos papais, (no Estado pontifical), para evitar de não faltar á sua própria
mesa. – Um verdadeiro cristão, nem todos são santos.
- Na China antiga, ouve um período de tempo, que apesar da abundância, só o imperador estava
autorizado a comer carne de porco - Ora come quem manda.
- Os antigos egípcios adoravam cães e gatos, pelo que os tinham em grande número, tendo sido
descoberto milhares de animais embalsamados.
- Wolkswagen o carocha começou a ser produzido em 1938, designado como carro do povo, na
Alemanha ou o Beetle na América. Inicialmente servido como veículo militar, só depois da
guerra começou a sua produção em massa, vendendo mais de 20 milhões no mundo.

2007-06-13

10 Curiosidades para todos os gostos

- Santo António nasceu em Lisboa em 1195 vindo a falecer em Pádua no ano de 1231 com 36anos de idade, novo e santo.
- O túmulo de Tutukamou, foi descoberto em 1922, pelo arqueólogo inglês Howard Cárter
- Sabia que a mini-saia já tem mais de 40 anos, e sempre jovem, cada vez mais curta.
- Os táxis apareceram em Lisboa á 100 anos, tendo começado a circular quase ao mesmo tempo que as principais cidades europeias e norte americanas
- Oprah, a apresentadora americana é considerada a mulher mais rica do mundo com 1.160 milhões de euros
- A celebre boneca Barbie, nas céu em 1959, o que quer dizer que está quase a fazer a bonita idade de meio século.
- A 1º guerra ou batalha descrita, foi no ano de 2500 AC, outras antes e depois se realizaram e infelizmente continua
- Os pastéis de Belém (criados em 1837) comemoram este ano 170anos, desde 1837a adocicar as bocas de Lisboa e depois do mundo.
- Sabia que ia portugueses a bordo do Titanic, quando se afundou? Que eram 4 madeirenses, emigrantes, os que se encontravam entre as 1523 vitimas.
- Manuel Carvalho da Silva, líder da Intersindical, sim, da CGTP, só fez uma greve uma vez na vida, Bem prega frei Tomás….
-

2007-06-12

Noite de Santo António

Lisboetas, e não só, hoje há desfile de marchas populares pela a Avenida da Liberdade, depois é passear pelos bairros populares, Alfama, Madragoa, Mouraria, ir comer a boa sardinha assada. Hoje é noite de Santo António, haja festa e alegria, os casadoiros e casadouras, solteiros e solteiras é noite de saltar á fogueira, mas não se queimem. Façam votos ao santo e boa noite.
Eu vou para a sardinhada não bairro da Graça, depois descer ao Castelo , visitar Alfama, a noite é nossa

2007-06-11

Profissionais da politica, actualizem-se

Estas gentes, profissionais da política, (ainda á pouco estive a ouvir o noticiário das 13.00h da TSF.- Assunto aeroporto) são ridículas para não dizer outra coisa.
O governo faz a vontade á oposição e esta apregoa logo, foi um RECUO, DERROTA. Será que estes não percebem que com essas palavras só serve para atiçar o governo (este ou outro qualquer) sendo só lutas partidárias, despiques. Verbalização estéril.
Em termos de país não há derrotas nem vitorias, á benefícios ou prejuízos para a nação e para o povo.
É difícil aos profissionais da politica, perceberem que:
O governo é para governar, em nome do cidadão e para o cidadão.
A Assembleia da Republica é para legislar e fiscalizar, (os parlamentares quer seja do governo ou da oposição).
Os partidos para criticar negativa ou positivamente (se for para dizer bem e se justifique não lhes fica mal) e também terem ideias construtivas e expor-las
Do modo de proceder dos partidos, não se progride neste país.
Será que esta gente está ultrapassada, ligaram o mesmo CD (já não se usa cassete) e é sempre a mesma coisa, e os seus interesses mesquinhos e partidários é superior ao bem do país?
Não estou a favor do governo, mas será mais para ficar satisfeito quando este verifica que não pode continuar na teimosia, e estar aberto a outras ideias e sugestões, quando está receptivo a corrigir posições.

Já agora, vamos abrir um procedente, já não se entende, é antes que se deve consultar a sociedade civil, estar em sintonia, e não depois. Cada um no seu lugar, e cada vez é mais a o assunto do aeroporto se confunde com interesses, que são muito, então agora a CIP, também manda fazer estudos a indicar onde se deve ou não construir o aeroporto, E um hospital e uma creche, uma estrada etc. etc., era bom que fizesse esses estudos poupava o dinheiro dos contribuintes, ou talvez não. Quando a fartura é muita...

Preguiça de domingo

Quando a preguisite ataca, ontem, domingo, não me apeteceu sair de casa, por uma série de razões, umas mais óbvias que outras, levantei-me chovia, logo mais desmotivou a minha já pouca vontade, depois põe-se a questão para onde ir. Centros comerciais ,muita gente, muita confusão, o passeio das vaidades, supermercados (isto de manhã), para um café, nunca foi muito de estará fazer sala, festivais, livrem-me disso, já não tenho idade nem paciência, cinema, também não apetece, e neste momento não tenho nenhum em especial que me agrade. Um passeio a pé, faz bem mas não estava virado para isso, de facto a melhor opção foi ficar em casa, lendo “ o último papa “ de Luís Miguel Rocha e vendo um pouco TV assim se passou o domingo.

2007-06-09

Mãe, sempre lembrada

Hoje era o aniversário da minha mãe, faria 83 anos de idade, faleceu á 10 anos.
Fui ao cemitério onde se encontram os seus restos mortais, e depois de depositar um pequeno ramo de flores, lembrei-me como uma singela homenagem de vos contar uma pequena historia.
Oficialmente a minha mãe tinha como data de nascimento 24.06.1924, mas na verdade ela celebrava os anos a 9 de Junho, e porquê?. Para a minha mãe era dia de festa, de alegria os aniversários dela, do marido e dos filhos eram as datas importantes as que se deviam verdadeiramente comemorar, com isto não quer dizer que se despreza-se as outras, pelo contrário, como era uma pessoa feliz, alegre, bem disposta, sempre pronta para a festas, gostava de brincar, dançar, cantar ( e como cantava bem o fado, e fazia quadras soltas.
Noutros tempos a pobreza era maior que agora, a repressão dominava., a maioria das pessoas tinham os filhos em casa, o que aconteceu com a minha mãe, alfacinha de gema, nascida no bairro da Lapa na Rua Ribeiro Sanches (actualmente parte da freguesia dos Prazeres e da freguesia de Santos o Velho).
Então a minha avó já tinha um rapaz e uma rapariga a quando do nascimento da minha mãe, no dia 9 de Junho, não sabiam se era menino ou menina (naqueles tempos não havia ecografias, nem epidorais ou mesmo maternidades era um luxo, não para todos), uma coisa era certa, já tinham o padrinho escolhido para a criança, assim como a madrinha, ora o padrinho de tão formosa garota, era um senhor embarcado, e que se encontrava em viagem, pelo que se tinha de esperar pelo seu regresso, estava palavra dada pelo meu avô, aquele seria o padrinho da sua filha. Como a sua chegada foi mais atrasada do que se previa, criou-se um problema, se bem que de fácil solução, foi quando da chegada do padrinho, mais tarde do que se previa, a criança mantinha-se sem ser registada pelo que na altura propicia e com todos os intervenientes presentes, foi-se á conservatória registar a recém nascida, como já se tinha passado o tempo limite de obrigatoriedade, (o que implicava pagar uma multa pesada (para aqueles tempos em que não se tinha nada), a esperteza á portuguesa foi dar a data de nascimento errada. Solução resolvida.
Assim no registo da pequena Georgete o dia de nascimento foi indicado o de 24 de Junho
Quando a necessidade aperta e as leis em vez de claras e simples, de favorecer e proteger o cidadão, muitas das vezes, ontem como hoje, complicam e cobram taxas, impostos, multas, coimas, o que se quiser chamar.
A lei da repressão não resolve os problemas, agrava-os para quem pouco, e que no fundo a eles são destinados.
Com esta história, com leis e multas, sempre foi cumprida a lei da natureza e não a dos homens. O aniversário da Georgete da Silva era a 9 de Junho. Eu não esqueço. Paz á sua alma.

2007-06-08

Viva a classe politica

O que enche os jornais, as revista, televisão, toda a comunicação social, até nos cafés e bares, é a politica. O tema nacional é as anedotas do canudo, do camelo, do deserto, é a politica, As coisas mais sérias, se é que se pode levar a sério, Ota, deficit, aumento do custo de vida, educação, exames, saúde, relatórios em que se comprova que temos os medicamentos mais caros da UE (relatório para quê, sobre o que todos sabem) trabalho, emprego, desemprego, é a politica. Se de facto não existisse políticos, este mundo era demasiado cinzento, enfadonho, pouco colorido. Viva os políticos, as suas gaffes, a sua falta de palavra, de fibra, de moral, de despudor, honestos são eles.
Viva os nossos políticos e governantes que enchem uma casa de nada, que cada vez nos põe mais pobres, mas contentes.
Para nos deixarem ainda mais felizes, deveriam também desfilar nas marchas populares, até porque desconhecemos a maioria, lindos, garbosos, bem falantes. com trajes de fato e gravata, ou de camisa aberta a ver-se os pelos do peito (os que fizeram tropa e rastejaram na recruta, poucos), com arquinho recordando as sua façanhas, frases celebres, balões engalanados com S. Bento, S. Judas, Santa Hipocrisia, outros com tachos, panelas com que cozinhas o bem bom, e ainda com dromedários, burros, doninhas e texugos, não faltando os papagaios, e galinhotas, toda uma bicharada, e muita muita musica que é disso que o povo gosta.

Novas marchas populares

Vem aí os Santos Populares, animados como se quer este ano com um adicional, a eleição para a presidência da C.M. Lisboa, vai ser um arraial e tantos. A não perder, claras as eleições, o resto já tem marchantes falta as fatiotas. Está mal, está mal, mas uma dúzia já são candidatos, não contando com os restantes elementos das listas, já se fazia uma marcha com arquinho e balão, a musica de Lisboa Antiga, a coreografia os jogos de matraquilhos, ou de outros jogos, e vamos vê-los a desfilar, por essa Lisboa tão mal tratada.
Zangam-se as comadres descobre-se as verdades, vai-se descobrindo aos poucos os podres, a festa está a animar, o baile ainda não começou, os mirones escutam, comentam, aguarda-se o desfile. Quem leva o melhor traje, o melhor andor (andor daqui para fora) o compasso esse nunca mais acerta, não é importante, a musica é a mesma, as letras é que mudam, Temos os críticos, a comunicação social e os bairristas, o publico esse, vai aplaudindo sem grande animo, falta alma, força palavras de esperança e futuro, só se ouve o passado. Façamos votos, que o júri no dia 15 de Julho faça justiça premei os mais capazes. E siga a musica

2007-06-07

Não abandone o seu animal

Um amigo enviou-me um e-mail ontem ao fim do dia, a mim e a muitos outros. Motivo deixaram á porta de sua casa um cachorro, com cerca de 2 meses (quem é boa pessoa, por vezes trama-se) como este não tinha condições para o manter procurou quem pudesse assumir a responsabilidade.
Tudo acabou bem, recebi nova mensagem, encontrou quem pode ficar com o cachorro e o irá tratar bem.
Moral da historia. Não atire a responsabilidade para cima dos outros, que não sabe se podem ou não assumir, o dever é seu de cuidar ou arranjar quem cuide do animal.
Por favor não abandonem os animais, um animal não é um brinquedo, um objecto, que se deita fora quando ocupa espaço ou é inconveniente, ou quando vamos de férias.
As férias vão começar, não abandone o seu cão, gato ou periquito, cuide dos animais, como tem de cuidar das plantas.
A época de férias está a começar, é um pouco como a época de caça, Uns matam, outros abandonam os animais domésticos.
Um alerta, vá de férias, mas arranje quem cuide do seu animal, você não é um predador Não abandone o seu, animal de estimação, não queira ter um sentimento de culpas.

Alfinetes de cu para o ar III

- Quaisquer que sejam governos mais ou menos competentes, a verdade é que a administração publica continua a mesma, e sempre agarrada ao poder vigente (até se cria lugares para boys) mas a forma de funcionamento é intocável os chefes e chefinhos, (muitos promovidos pela antiguidade, não pela competência, continuam a reinar, com esta gente como se podem fazer avaliações de competência, através de incompetentes, boa.

- Portugal é verde, é harmonia é perfume. Os campos de golfe e não só proliferam, Golf, Resort & Spa, três palavras magicas para este país o resto é paisagem (por isso se quer a Ota como aeroporto, não dá para campo de golfe).
Acusado de corrupção e de desbaratamento, lapidação de fundos públicos, um ministro japonês enforcou-se antes de prestar declarações perante uma audiência parlamentar, olha se a moda pega.

- Em França fecha-se a porta a duas apresentadoras e jornalistas de TV, por serem simplesmente casadas com agora nomeados ministros, neste país de brandos costumes, arranja-se lugar para familiares e amigos. Modos de credibilidade, não imposta pelos políticos, mas pelas próprias estações de TV. Modos de credibilidade.

- Fernando Nobres, presidente da AMI, esclarece.” Os cinco membros do conselho de segurança da ONU têm como primeiro mandato zelar pela paz do mundo, mas são ao mesmo tempo, os cinco maiores produtores de armas”. Esclarecedores não acham.

- Portugal está a transformar-se em palco da terceira idade. Senão vejamos, os Police, Júlio Iglesias, Rolling Stones, e outros, enfim vem ao nosso país e nós agradecidos, Eu já não sou novo, mas no meu tempo, que é de muitos deles, não vinham, nem vieram quando jovens e de grande sucesso, apanhamos agora o refugo, os pacóvios todos contentes, não contem comigo.

Pérolas politicas

a) Durão Barroso em 2002 disse “ não vou desistir no governo, tal como não desisti na oposição, enquanto não fizer de Portugal um país mais avançado”.
Barroso desistiu, ou melhor fugiu para melhor poleiro, agora canta de galo, vai dizendo que não se mete nos assuntos internos de Portugal mas vai dando uns bitates

b) Nobre Guedes, uma figura importante, dentro do partido e do aparelho do CDS, deputado ex-ministro, candidato a vereador á C.M. Lisboa, numa entrevista a um jornal ao fazerem-lhe uma pergunta (que para o caso não é relevante, mas sim a resposta) responde uma pérola.
“Ouça não sei: Não estudei, perguntaram-me e eu respondi. Não sou eu que tenho de legislar ou fazer o diploma. Não é preciso ser muito original, porque há leis noutros países”, fim de citação. Isto é de politico.

c) Telmo Correia sito “ Se nada mudar em Portugal, a própria politica começa a ser irrespirável”.Parece que se está a ver ao espelho, desse problema sofrem os cidadãos deste país, estão fartos de irresponsabilidade e destes políticos, que só poluem o ar.

d) Carmona e Negrão tem nas listas ex-vereadores, e como se tratam todos tão bem, e a competência que demonstraram. Como é que uns podem dizer mal dos outros se comeram da mesma gamela. Depois não digam que só o cidadão anónimo é que diz mal

e) O nº2 da lista de António Costa PS, arquitecto que tem um gabinete de projectos, com clientes importantes, imobiliárias construtoras etc, diz que assim que for eleito, desiste do negocio, pode ir para área do urbanismo ,mas não aprova projectos seus ou do seu ex empresa de consultadoria e projectos o homem deve se transformar em ermita ou santo,
ou está a contar historias de embalar

f) Educação, falar e escrever português Os alunos imigrantes passam a ter mais apoio na disciplina de português, terem mais tempo de aulas, os não imigrantes não necessitam.
Os portugueses cada vez não sabem interpretar o linguagem, falam mal, escrevem pior, mas não é importante somos um país de inovação. Os exames a português, (não é inglês, ciências da natureza, desenho, ou matemática) é português de PORTUAL não é importantes os erros ortográficos e sintaxe. O que será?

g) O secretário de estado do governo Sócrates, disse que tinha boa impressão do governo de Hugo Chavez. Por este andar atenção SIC, TVI , parece que Hugo Chavez ( o ditado imergente) que deve estar satisfeito, vem a Lisboa, São todos bons rapazes, e até fecham as televisões privadas por não tocarem pela mesmas batuta, querem tudo afinadinho, os nossos governantes parece que gostam do diapasão.

Quem pediu um aeroporto?

Não sou a favor nem contra um novo aeroporto, quanto á localização muito menos (Ota Rio Frio, Poceirão, Alverca, margem sul ou margem norte.
Não sou construtor civil, não tenho uma imobiliária, não tenho gabinete de projectos, não tenho terrenos em qual qualquer zona do país, não sou engenheiro, não sou ministro, nem sou estúpido.
Mas que há camelos, bosta, e muito mau cheiro por ai, lá isso há.
A moda é Ota, e enquanto se fala nisso, já parece que mais nada importa neste país, entretanto a TAP (sem capital) está a fechar negocio na compra de empresa privada falida (Portugátaia), pretende-se privatizar a ANA, a APL vai fazendo edifícios como uma imobiliária.
A oposição ao governo, especialmente o PSD e CDS, andam entretidos, a pois á muito que começaram a tratar do assunto do aeroporto, só não concluíram o negocio, (dor de cotovelo?), os outros lá vão também dizendo algo, mas parece que ninguém se entende.
Uns distrai os outros, os interesses de alguns, poucos, (que será os mesmos de sempre) isso parece evidente e nada melhor que dividir para reinar. O Zé povinho, desculpem, já não se usa, a população portuguesa, não vê melhorias na sua condição de sobrevivência o custo de vida agrava-se, as condições de trabalho não melhoram, as reformas dos trabalhadores são penalizadas, e o governo anda entretido com as OTAs TGVs, aeroportos, comboios, e com a chegada da presidência da Comissão Europeia.

2007-06-06

Cuidados a ter com a tensão arterial

Evite consequências graves, controlando os níveis de colesterol e de tensão arterial
Reduz os valores da tensão arterial máxima/mínima de 120/ 80mmHg, (ter uma tensão arterial baixa não é sinónimo de doença), poderá sim, evitar riscos cardiovasculares. Existe escalas onde se referem aos valores recomendáveis, de acordo com a idade e o sexo e estado de saúde, (por exemplo diabético é diferente), Variando o seu valor no entanto poderá considerar-se que ao atingir-se valores de 140/90mmHg ou superiores, deverá consultar-se um médico, Se as pessoas mantiverem valores iguais ou inferiores a 120/80mmHg estão mais protegidas a ter um problema cardiovascular. A hipertensão é um factor de risco elevado. O colesterol, os triglicéridos e a obesidade devem ser controlados.
Apresentamos como recomendação algumas formas de manter uma tensão arterial em condições aceitáveis.
- Reduzir o tabaco, o melhor será deixar mesmo de fumar
- Reduzir o consumo de álcool, as bebidas alcoólicas deveram limitadas ao mínimo.
- Reduzir a quantidade de sal, na alimentação o sal em excesso é prejudicial á saúde.
- Reduzir o consumo de enchidos, evitando a degustação de produtos de charcutaria.
- Reduzir o stress, aumente o tempo de descontracção e tranquilidade, 30 min diários para relaxar, ouvindo música, uma boa leitura, tomar um banho de imersão.
-Controle o peso e a sua massa corporal, a obesidade é um perigo acrescido. Pese-se regularmente.
-Controle a tensão arterial com regularidade. (Faça o registo pelo menos 1 ou 2 vezes por mês para indicar ao seu médico. O controlo é essencial.
- Utilize uma alimentação cuidada, e saudável, evite refeições muito calóricas.
- Pratique exercício físico diariamente (basta uma passeio caminhada regularmente, durante cerca de 30 minutos, subir escadas ou natação é um bom exercício, na~0o se esforce em demasia.
- Não esquecer (se tiver) de tomar a medicação pontualmente e de acordo com a prescrição médica.
Proteja-se evitando os riscos de um enfarte de miocárdio (EM), um acidente cardiovascular (ACV) ou um acidente vascular cerebral (AVC)
A tensão arterial elevada, mais conhecida como hipertensão (HTA) prejudica todo o organismo em especial nas artérias que alimentam o coração, cérebro rins.
Zele pela sua saúde, pois quem melhor o pode fazer, e seja feliz.

2007-06-05

A P L

Será que hoje em dia faz sentido haver uma Administração do Porto Lisboa.
Publicaram um anúncio com uma imagem muito bonita (como quase todas de Lisboa) mas essa gravura, deverá reflectir o que estes senhores ainda pensam sobre Lisboa, onde está o cais, onde estão os inúmeros barcos, navios, traineiras, batéis, fragatas e outros usados á 100 anos. Hoje o porto de Lisboa pouco movimento tem, e comparativamente com a área de ocupação marítima muito menor de que á umas décadas, mas o território é o mesmo. Assim são donos e senhores de toda a zona ribeirinhar
Sim que é o que como se comemora, entretanto tapa-se a vista do Tejo com betão e edifícios megalómanos. E em vez de coordenarem embarcações, são empreiteiros, orientam o ferro e cimento.

Mandatário o que é?

Quem me explica, o que é um mandatário, nos sabemos o significado, mas o que isso representa numa candidatura,
Mandatário para a apresentação de lista, mandatário de juventude, mandatário da campanha, mandatário disto e daquilo.
Afinal quem se candidata, quem dá a cara, quem deverá (se é que o faz) alguma coisa é o candidato cabeça de lista (ou de cartaz) e a restante lista, ou são os mandatários.
Qual o seu papel, o de embrulho?Por mais nome e cotação que os mandatários tenham, quem explica, ou é mais uns dos mesmos, sempre á espera que caía alguma coisa, como alguém disse não á almoços de graça.
Apoiantes é uma coisa, (entende-se voluntários, que gostam da causa ou da pessoa) mandatários para quê ou qual a diferença, explique quem sabe, desculpem a ignorância do alfacinha.

Feira do livro a visitar

No sábado passado fui á feira do livro no parque Eduardo VII, era de tarde pelas 17.00H, ficando até cerca das 18.30H , pois tinha de ver o futebol ( futebol e literatura não dá um bom prato, mas enfim) mas como ia escrevendo, no sábado pela tarde era um desfilar de escritores, ou não tanto, o provincianismo era patente, onde estava um escritor de nome fazia-se filas para autógrafos, (coisa que nunca fui muito disso), e havia muitos, José Saramago, António Lídia Jorge, Lobo Antunes, José Rodrigues dos Santos, Maria Filomena Mónica, Lídia Jorge, alguns actores ( virados escritores), e tantos outros mais ou menos conhecidos, ou desconhecidos.(esse estavam sentados indiferentes á espera que o tempo passa-se.
Vim para casa e depois de jantar voltei á feira do livro, não gosto de muita confusão, depois da satisfação do resultado de Portugal, não da exibição frente à Bélgica, foi digerir o jantar visitando os stands calmamente, desfolhando este ou aquele livro, comigo, se passa algo interessante não sou eu que escolho o livro, é ele que me escolhe a mim, é como uma atracção.
Pouca gente havia, a noite estava agradável, talvez um pouco fresca, mas deu para comprar um ou outro livro, pois a tristeza que se passa não sei se os livros são caros ou o povo português ganha pouco, o que nem sempre dá para trazermos o que queremos, mas o que podemos, e ai está a combinação perfeita o que se deseja, o que se pode.
È evidente que mais livros gostava de poder comprar, (o vil metal para tudo, até para a literatura, para o conhecimento, é a vida, o livro é um luxo.
Espero ainda num dia destes, melhor numa noite calma voltar a visitar a feira, e comprar quem sabe mais um livrinho, aproveitar o livro do dia, sempre é, mais barato

2007-06-01

Tarte de Queijo fresco


Há já algum tempo que não apresento uma receita para os mais gulosos, e como hoje é fim de semana hoje aqui vai.
Ingredientes
(para uma forma redonda de 26 cm)

600 g Queijo fresco, (escorrido)
2 Ovos inteiros
2 Gemas de ovo
215 g Natas espessas
175 g Açúcar
1 pacote de Açúcar (embalagem de café)
1 colher sopa, de Farinha
Qb Baunilha (pouco, menos que o pacote de açúcar)
Qb raspa de Limão (facultativo, ao seu gosto)
Qb Sal(uma pitada)
Massa areada.
250g Farinha
125g Manteiga
5 g Sal
½ copo de Água

Modo de Preparação
Primeiro, Prepare a massa areada,(sem a trabalhar), faça uma bola e deixe repousar uma hora no frigorífico.
Depois, desfaça o queijo até o reduzir a creme, em seguida bata-o conjuntamente com as natas, quando estiver bem misturado, junte elemento a elemento, os ovos inteiros, as gemas, o açúcar misturado com uma colher de sopa de farinha, e o gosto (perfume) desejado: a baunilha, ou a raspa de limão, não esquecendo o sal.
Untar a forma com margarina, depois ponha a massa areada com cerca de 4mm de espessura, em seguida pique o fundo com um garfo.
Por fim, deite a massa de queijo, e leve ao forno em lume quente (220º) Ao fim de 20 minutos, baixe o forno para os 180º de temperatura.
Deixe cozer mais 25 minutos, depois de ter picado a superfície , afim de não deixar crescer muito. Está pronto.
Sirva morno ou frio, polvilhado com açúcar. E bom apetite


1