2007-07-13

Noite para esquecer

Estou triste, quando, e utilizando uma frase ligeira “ estou em baixo” quer dizer muito, quer dizer pouco, Vem á ideia mil e uma coisa, mortificamos, lamentamos, pensamos que queríamos ter aquilo e aquele outro que não temos,
A saúde que nos falta, o dinheiro que não chega, estou mesmo em baixo, mas não nos podemos deixar arrastar para o fundo, para um precipício sem regresso, para as profundezas das lamentações. Temos, e devemos dar a volta, sair do deste abismo, não dando um passo em frente, mas dois a trás, recuando, pensando. Há quem esteja pior que nós, mais infeliz com menos saúde, Não. Não, nos vamos glorificar com essas tristes situações, vamos sim pensar que á quem sofra mais que nós que viva pior que nós e esteja contente com tão pouco. Mas este mundo é feito de injustiças, e eu não sou Santo.
Porquê existe outros que muito têm, e que nada merecem, oh injustiça, vigaristas , ladrões, bufos, oportunistas, parasitas, filhos de berço de ouro, mas que se lixem esses, também e muitas das vezes não são felizes, pois o que temos todos em comum ricos e pobres, felizes e infelizes todos morremos, somos pó nesta engrenagem do universo.
Necessito de afastar os pontos negros desta cabeça que anda em turbilhões, depressão, mau estar palavra, estado de alma, sentimento., bolas estou confuso.
Na nossa memoria corre em catadupa, imagens boas e más, tristes e satisfeitas, mar, mar revoltoso, com nuvens negras, e nós á proa a navegar, temos de conquistar, vencer passar para o outro lado da borrasca, para o mar de calmaria de águas límpidas, como temos de ter as nossas ideias.
Respiramos fundo, sejamos objectivos, não podemos ser demasiado exigentes connosco, isso já basta os outros, os familiares, os amigos e falsos amigos, os companheiros de trabalho, enfim a sociedade.
Arroz (que também tem dois Rs) para a sociedade, para os outros, eu é que me sinto em baixo, vou escrevendo, aliviando, do stress, hoje e agora estou na fossa, amanhã será outro dia.
E penso nos amigos que fiz, me vem á ideia a Flávia, poderia ser outra pessoa e não aquela, o seu sofrimento, da mãe, da família, de quem pouco sei, mas que lhes falta tudo, pois poderão ter tudo e nada, basta pensar nesta imagem e lembro-me eu sou feliz, tenho família, tenho amigos, tenho saúde, não muita mas a suficiente para , passear, divertir, ri, chorar, comunicar., sou um privilegiado.
A noite passa, o mostrador do relógio digital indica suavemente as horas, e eu penso, e porque não, eu vou desviando os maus pensamentos, vou escrevendo que é também uma maneira de meditar de aliviar, a manhã chegará outro dia começa, outros melhor virão, abandonamos a tristeza, os desgostos da vida, e como na vida tudo passa, nós passamos por ela.
Todos temos momentos assim . o importante é vencer, combater o desanimo, vou conseguir, julgo que sou um lutador, combater os maus momentos é prioritário.
A cabeça lateja, tomei um comprimido, ou dois já não sei, estou tonto, embriagado, eu que não toco num copo de vinho ou cerveja, só pura água, será efeito desta droga mesmo receitada pela médica, obrigado doutora, a cabeça pesa, a todos um até amanhã. E façam os possíveis para serem felizes

14 comentários:

  1. Não sei pq não conseguiste entrar lá. Coisas de PC; acontece comigo as vezes.

    Vivemos de momentos. Alguns maravilhosos, outros nem tanto, mas isso é o que nos motiva a caminhar.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Espero que este momento passe logo ...

    Porque a vida nem sempre nos corre de feição e precisamos de ultrapassar as fases ...!

    Os votos de um BOM FDS!
    Um abraço da M&M & Cª!

    ResponderEliminar
  3. Uma noite igual a milhares de outras por essa cidade.Não digo mundo, pq acho exagero.Desculpa dizer isto.

    Sabes que eu acho que a saúde é tambem um estado de espírito.E se assim é, eu estou muito bem.

    às vezes os comprimidos são necessários, o médico é que sabe, em princípio!

    Mas alguns médicos tem a mão tão pesada, em medicamentos, que põe o paciente, doente.Tb é preciso ter cuidado com os médicos e suas receitas pantagruélicas.Falo por experiência.

    Desejo que fiques bem! Isso passa.

    ResponderEliminar
  4. Há noites assim, em que os ponteiros parecem girar ao contrário! Mas a realidade é outra e sabendo que o amanhã chegará inevitavelmente, resta-nos projectar um excelente dia seguinte!

    Um abraço infernal!

    ResponderEliminar
  5. Caro Amigo
    Quando tudo nos parece perdido, forcemos o SORRISO e com positivismo chamemos tempos bons... é o tal "estado de espírito" de que fala a Astrid.
    Quanto ao "relógio andar para trás" como refere o Belzebu... pense sempre se será o relógio a andar ao contrário ou o mundo... e na dúvida, em lugar de um comprimido visite o Britsh Bar, no Cais do Sodré, em Lisboa... aprecie um relógio a andar ao contrário e tome "um só com gelo".
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Eu também estou triste, agora e para sempre amén. às vezes da nossa tristeza resultam tesouros... pelo menos da minha resultou esta minha nova casa...

    Passa por lá ;)

    ResponderEliminar
  7. Adoro tua cidade!!!

    Obrigada por tua visita e aproveite para ir l� sempre que estiveres em baixa... Tamb�m v� quando estiveres em alta... Em m�dia ou em qualquer situa�o e condi�o!!!

    Beijo de bom final de semana!!!
    Cris

    ResponderEliminar
  8. C Valente,
    Bom dia!
    Vim lhe trazer uma xícara de chá, feito com erva cidreira, colhida alí do vaso em que as cultivo, na sacada de meu apto. já que quintal eu não tenho. Apesar de morar em São Paulo, nasci no Ceará onde a erva cidreira daqui lá é chamada Capim Santo, que eu adoro pelo sabor e pelo cheiro delicioso. Era com esta erva, Capim Santo, que minha mãe fazia chá para me agradar quando me via triste.
    Tome o chá que lhe preparei, está quentinho e vai lhe fazer bem. Quer com açúcar ou adoçante? Melhor açúcar, pois quando estamos tristes, precisamos de um pouco de doce em nosso organismo. Li isso em algum lugar e parece que é mesmo assim.Vamos, tome o chá. Eu o preparei com muito carinho para você, que tem pensado em Flavia, e fez, dia desses, uma homenagem linda à ela, quando lhe dedicou um poema que já li para ela várias vezes.

    Olhe, há dias em que a gente se sente mesmo triste. E não precisa que nossa vida tenha sido devastada por uma tragédia, para justificar a chegada da tristeza. Ela é mesmo atrevida, invasiva e quando vemos, ela já nos abraçou e tomou conta de nós. Mas você fez bem em escrever, em passar para o papel o que lhe vai na alma pois como você bem diz, "escrever é uma forma de meditação".

    Quer mais chá? Posso lhe preparar mais uma xícara... E volto depois pra ver como você está...

    ResponderEliminar
  9. "E penso nos amigos que fiz, me vem á ideia a Flávia, poderia ser outra pessoa e não aquela, o seu sofrimento, da mãe, da família, de quem pouco sei, mas que lhes falta tudo, pois poderão ter tudo e nada, basta pensar nesta imagem e lembro-me eu sou feliz, tenho família, tenho amigos, tenho saúde, não muita mas a suficiente para , passear, divertir, ri, chorar, comunicar., sou um privilegiado.
    "

    quando o meu caminho se cruzou com a Odele e com a Flávia foi precisamente isso que senti: não tenho o direito de me queixar de nada ... sou uma felizarda...


    bjs

    ResponderEliminar
  10. Bem hajas C. Valente

    Ando às voltas com uma depressão Major Recorrente...Não, não vou falar dela.
    Vou citar as frases que amigos, familiares e conhecidos usam e abusam, para me dar ânimo:

    "Toda a gente tem problemas,uns mais outros menos, alguns muito piores do que os nossos..."

    "Pensa na sorte que tens em relação a outras pessoas que estão muito pior do que tu..."

    "Tu és uma mulher forte,bonita e trabalhadora...tens muita sorte...uns filhos saudáveis e lindos...tens netos... tens tudo para ser feliz..."

    " sei bem o que isso é, já tive e consegui livrar-me sem tomar antidepressivos..."

    " Tu precisas é de descansar, de sair, arejar e divertires-te!"

    "Vai tratar do teu jardim, tu gostas tanto de flores..."

    "...Vai mas é até à praia ver o mar, o tempo está tão bom..."

    " Tu não te feches em casa, sai e distrai-te..."
    etc...
    etc...

    Nem me passa pela cabeça que tudo isto não seja dito pelo melhor que desejam para mim! Mas acreditem que por vezes me incomoda, sou suficientemente franca para lhes dizer o que penso...já me falta é a paciência...talvez falte também a quem me rodeia, e por sentir isso, porque não pretendo ser má companhia, cada vez me isolo mais, por isso e por ter um pouco mais de tempo, vim parar a este espaço!
    Fica bem, fica o melhor possível!
    BIA

    ResponderEliminar
  11. C. Valente, esse estar pra baixo que te acometeu, é por ser um homem sensível e creia, esse sentir te faz crescer mais ainda...

    Abração...

    ResponderEliminar
  12. como te entendo...........
    jocas maradas.............e dias e noites melhores....força...muita e sempre

    ResponderEliminar
  13. Bons sonhos.
    Dormir retempera as forças.

    ResponderEliminar