2008-05-04

Parada dos 97 anos da GNR

Ontem, sábado (03.05.08) pela manhã dirigi-me a Belém para tomar um café e comer um já mundialmente conhecido “Pastel de Belém. Deparei com problemas de trânsito, que vim a verificar que se tratava de uma parada militar.
Em frente do Mosteiro dos Jerónimos, estava uma parada da GNR, afim de comemorar os seus 97 anos de existência.
Num local cheio de turistas para visitar o Mosteiro, e onde se encontrava uma grande quantidade de policias policias, vedando passagens e dificultando o acesso, até para tira uma fotografia, Depois á falta destes para segurança do cidadão., mas ali era ás dezenas afim de controlar a população, contrastes.
Mas em dia de aniversário não vamos contestar desperdícios financeiros e humanos, haja festa com a presença do Presidente da Republica, ministros e outras individualidades na tribuna montada e afastadas do povo.
Muitos militares de com diversas companhias, carros, cavalos e onde gostei de ver as velhas motas e fardas de antigas épocas, pelo que vos deixo algumas imagens






































31 comentários:

  1. Eu gosto muito de Belém.
    Gostei das fotos ;)

    ResponderEliminar
  2. Belas fotos, amigo; deve ter sido um belo evento! Meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  3. Não conheço Belém mas já provei os pasteiznhos trazidos pela mãe do meu genro. Aqui se vende no rede Habib's mas são menos tostatos e mais cremosos. Uma delícia!

    Beijos e boa semana

    ResponderEliminar
  4. Belém...e os pastéis meus deus...


    Abraço

    ResponderEliminar
  5. padeirinha05/05/08, 12:42

    Fotos interessantes. Mas apesar dos festejos deve haver contenção. Que não seja só para o povo.

    ResponderEliminar
  6. padeirinha05/05/08, 12:47

    E o local,pelos vistos, não é nada indicado.

    ResponderEliminar
  7. Muito giras as fotos! Também vou de quando em vez aos pasteis de Belém que tanto gosto, mas nunca fui presenteada com uma desfile destes. Paciência!
    Bjs
    TD

    ResponderEliminar
  8. Olá Amigo,

    Eu não sou lá muito dada a eventos militares. De qualquer forma, pareceu-me bem o teu tributo.

    Desejo-te uma semana feliz.
    Beijo amigo,

    Maria Faia

    ResponderEliminar
  9. O repórter de serviço c valente...

    :) Um abraço!

    ResponderEliminar
  10. Amigo Valente,
    Estive este tempo sem conseguir entrar aqui, pelo meu link (como viu já não moro no mesmo sítio.
    Agora pela Maria Faia resolvi tentar e aqui estou e vejo que perdi muita leitura que espero recuperar.
    Agora estou em

    recalcitrantemor.blogspot.com

    de portas abertas para os amigos
    Um abraço

    ResponderEliminar
  11. gostei bastante destas imagens
    beijos

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  13. Também não sou muito dada a estes eventos mas gosto de história e isto é um bocadinho da história deles que acaba por ser nossa também.

    Gosto mais dos pasteís de Belém para ser franca.

    Um beijinho


    (ando ausente das caixas de comentários faz tempo, hoje reservei o dia para as visitas, matar saudades dos amigos :) )



    o comentário anterior fui eu que apaguei está ligado a outra conta onde faço arquivos :)

    ResponderEliminar
  14. Olá querido Amigo C Valente... Lidíssimas fotos, gostei muito de ver as fardas de outros tempos...
    Grandioso evento, pelo que aqui se vê... Obrigada pela imformação!
    Não vejo televisão á muito e jornais nem falar... Tenho que diminuir um pouco o meu trabalho!
    Meu querido Amigo, muitos beijinhos de carinho e amizade,
    Fernandinha

    ResponderEliminar
  15. Belém...Pastéis de nata, hummmm....
    Da parada militar gostei muito da mota com side car!
    Até gostava de experimentar!
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Se gostássemos tanto de trabalhar como de comemorações, seríamos um dos países mais ricos do mundo...

    Mas enfim, há coisas bem piores.

    Belas fotos.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  17. Oie meu amigo lindo! Tou voltando devagarzinho e revendo os amigos.
    Belo post! Belas imagens! Por aí imagino que o evento foi maravilhoso!
    Beijos

    ResponderEliminar
  18. aposto que ali os carros nao andavam mais que 50/h eheheh

    gostei dos trajes e dos cavalos :)

    ResponderEliminar
  19. Muito interessante reportagem: parabéns.
    Abraço-o ,caro C Valente.

    ResponderEliminar
  20. Belas fotos.

    marinheiroaguadoce a navegar

    ResponderEliminar
  21. Sempre gostei de ver paradas militares ... fazem-me recordar o meu tempo de África ...

    as fotos estão muito boas ...
    gostei muito.


    bjs

    ResponderEliminar
  22. Obrigada querido Amigo C Valente, acertou na mosca, como é habito dizer-se...
    Sabe, o trabalho não permite que eu escreva durante o dia... ás vezes fico a comentar até as cinco horas da manhã... depois é o corpo que paga a factura...Muito obrigada querido Amigo, pela sua preocupação em relação a mim... Muitos beijinhos de carinho.
    Fernandinha

    ResponderEliminar
  23. E como deve ter sido agradável viajar até ao passado acompanhado de um saboroso Pastel de Belém.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  24. C.Valente
    Esplendoroso, soberbo e com belas fotografias


    Abraço

    ResponderEliminar
  25. Os pastéis são uma delícia e vou ter que arranjar um tempinho para ir até Belém.
    Não tenho boas recordações daquelas fardas, mas faz sempre bem recordar o passado, e as fotografias estão boas.
    Abraço do Zé

    ResponderEliminar
  26. Parece que há em nós um apego muito grande para as comemorações, é raro o dia em que não há uma e quando não há inventa-se: faz parte da lusa idiossincrasia! Os espectáculos públicos têm o condão de subtrair ou manipular os tédios sociais e depois o número nonagésimo sétimo aniversário deve de ser uma data muito mas simbólica. As fotos estão muito bem.

    Um abraço
    António

    ResponderEliminar
  27. Meu Amigo...
    Belas recordações me trazes aqui do meu tempo de infancia onde eu ( na altura na Ajuda)assisti a inumeros actos destes
    O meu Pai pertencia á GNR e o qais gostava de ver mesmo era o desfile de cavalos
    Grata , muito grata por este belo Momento

    Deixo um grande beijo

    (*)

    ResponderEliminar
  28. Olá amigo C Valente.
    Estava à procura de fardas antigas da GNR, e encontrei-te aqui por acaso.
    Como já viste no Zémaiato, ando "entretido" no teatro e numa peça que vai estrear já no dia 22/11, faço o papel de Municipal das Barreiras, da Revista da GNR mais popularmente conhecido na época 1810 (!?) por Pica Chouriços.
    Pois usava uma sonda (vareta de aço tipo espeto) para detectar contrabando que passava da cidade do Porto para fora no meio de transporte público na altura, sobre trilhos e puchado a cavalos.
    A peça chama-se "A Última Viagem do Rippert"
    Só não encontro a farda correcta que o fiscal das Barreiras usava nas entradas e saídas da cidade do Porto.
    Conhece a história!?
    Abraço
    José Faria

    ResponderEliminar