2017-09-27

Portugal e o racismo

Em muitos outros países e em particular em Portugal é evidente existe castas encobertas e não reconhecidas, mas que existe, existe.
Muitas vezes falamos da Índia com as castas, mas essas estão definidas ou foram definidas ao longo dos seculos e portanto concorde-se ou não, sabe-se que existe e assim vivem com isso.
Castas que uns chamam de classe, sejam: corporativismos, snobismo, poder, racismo,
dêem-lhe o nome que quiserem o fundamental é o mesmo, divisão, desigualdade de tratamento.
Mas muitos gostam de simplesmente dar-lhe outro nome, Racismo e isso por muito que uns querem confundir com a cor da pela não é verdade. Existe muitos tipos de racismo cor e raça, credo e de religião, e racismo social, e económico. O que mutos não querem crer que não existe, mas a verdade é outra.
Mesmo perante o estado e as leis o tratamento das pessoas, é de modo diferente, um pobre não é tratado do mesmo modo que um rico, um político relevante não e tratado da mesma forma que um cidadão comum, seja nos hospitais, na justiça, do dia-a-dia. Como exemplo temos a AR, onde pessoas condenadas ou iniciadas pela justiça são tratas e recebidas de modo diferente que outro cidadão comum. Isto é racismo social. 

Todo o cidadão é igual perante a lei, mas…. (há sempre um mas) há uns que são mais iguais que outros.

Sem comentários:

Enviar um comentário