2008-02-26

Agradecimentos aos nossos politicos

Hoje apeteceu-me desabafar um pouco, depois de ler os jornais semanais e diários destes últimos dias, não quero se mal língua, e relatar só factos e que me caia uma pena do meu periquito na cabeça, se não falo verdade e penso.
Verifica-se que o país está no melhor dos mundo, já foi “oásis”, já esteve de “tanga” , já andou de comboio que se via a “luz ao fim do túnel” , viveu tempos das “vacas gordas” e das “vacas magras” , já foi para “apertar o cinto”,estamos na era da “modernidade”, (será?),
Temos um ensino, de primeira, com professores e ministério dedicados á causa, contestação são poucos, pois não chega a todos. Saúde, em grande expansão, fecha-se hposto de saúde e maternidades, e oferece-se idas a Espanha, outros vão a Cuba (estes por conta daas autarquias), e que demonstra e prova que cada vez á menos doentes, morrem antes de serem tratados. Na justiça tudo pela melhor, condena-se quem rouba um pão, não quem desvia um milhão, pois casos de corrupção, e fraudes praticamente não temos.
Desde o 25 de Abril de 74, já tanta água correu por baixo das pontes, tantas promessas foram feitas, tantos sacrifícios foram pedidos, melhor exigidos, e tão pouco foi cumprido.
O rico continua ainda mais rico, o pobre cada vez a mais pobre, e uns outros, poucos que se tornaram nos novos ricos. (para fugir á regra). Isto é democracia, pois cada macaco no seu galho.
Viva a democracia, que enche a boca de muitos, mas que só permite alimentar o estômago de alguns, e deixar a barriga vazia de muitos, Coisa sem importância.
Verifica-se que na política é tudo honesto e estão lá por causa nobre, o cidadão vulgar que sofre as estopinhas para ganhar uns míseros cobres, é que não sabe dar valor a tão prestigiada classe de homens e mulheres que tão abnegadamente trabalham em prol o bem..
Ao cidadão, (quando convém chama-se Povo), que paga os impostos que lhe são cada vez mais exigidos, uns ás descaradas outros encapotados ou disfarçados, deve pagar e não se lamentar. Só assim está a contribuir para o bem comum, (esqueça-se do que um importante
Politico, já lá vai uns tempos disse “ só paga impostos quem é burro”, O trabalhador como é pessoa de bem deve dar o exemplo. PAGUE.
À descarada diz-se “Há uma justiça para ricos e outra justiça para pobres” mas não se aborreça isto não é só na justiça não ligue são só vozes dos muitos que não sabem o que dizem, há criminosos, que não são ricos e também são soltos.
Falam de desigualdades na justiça, mas que injustiça, isso acontece em todo o lado
Como exemplo temos que pelas Câmara Municipais ai e coisa fia mais fino, se o cidadão em sua casa fizer obras, ou mesmo que construa uma pequena moradia ou um muro, sem as respectivas licenças e outras despesas e mesmo que esteja toda a documentação entregue e ao fim que não é curto e muitas voltas, continua tudo na mesma, o cidadão vê os preços a aumentar galantemente, e começa a obra por necessidade. Vem a Câmara ou os Serviços Municipais, e embarga a obra, prega-lhe multa, se não mandar abaixo a construção, Este deve ficar agradecido e reconhecido.
Se for um grande empreendimento como um centro comercial, esse pode construir á vontade sem licenças, nem que a obra seja embargada, se for o caso, ele continua, nada acontece.
O empreendimento é inaugurado com pompa e circunstancia, mesmo que os acesso ainda não estejam prontos, ou no centro comercial passado meia dúzia de dias mete agua ou casas de lavabos avariados (são casos que se conhece, basta andar por ai, e não me peçam para dizer onde, pois não sou bufo, fiscal, um cidadão, tudo está bem.
Se deve ao Estado umas dezenas de euros, pague o mais rápido possível, pois esse dinheiro é necessário para as infra-estruturas do país, porque você é um cidadão comum, se for uns milhões, então não tenha pressa pois tudo se resolve, e até pode conseguir regimes excepcionais, com benefícios fiscais, isenções etc.
Siga o exemplo dos políticos, e ex-políticos, de ex-governantes, de actuais governantes, e dos que virão a seguir. Seja Honesto, Incorruptível, Trabalhador, Compre pelo melhor preço, seja para quem for e se luva para não se sujar, Não facilite a vida aos outros, não lhes dê edifícios. Trabalhe até altas horas, fazendo despachos ou fotocopias, não interessa é importante é a produtividade, lembre-se que tem de trabalhar por si, e por outros que pouco fazem.
Como trabalhador e cidadão o exemplo dos nossos políticos, não é para seguir recorde-se
“ Fazei o que eu digo, não fazei o que eu faço” Veja quanto estão ocupados com os interesses da nação, (basta ver um pouco na TV a nossa Assembleia) e por esses gabinetes ministeriais, a labuta com prejuízos dos seus próprios proventos, (só em água de colónia é uma fortuna),
sem horas extraordinárias,
Como se pode verificar estamos numa democracia plena, onde existe IGUALDADE de oportunidades para todos e em especial para os jovens licenciados, JUSTIÇA célere e com preços acessíveis para todos, Cuidados de SAÚDE com rapidez e eficiência,
Onde tudo corre bem, até já temos um défice mais pequeno, as contas públicas correm de feição, Que os nossos governantes, pelo bem que fazem ao povo, sejam contemplados com uma viagem para bem longe, afim de poderem descansar.
Por isso caros concidadãos em vez de fazerem manifestações, que incomodam, sejam agradecidos e façam uma colecta para premiar os ditosos filhos da …. Nação.

14 comentários:

  1. é por posts deste que o meu Amigo leva prémios de blog sem papas na lingua.... :)

    Belo Desabafo que é sentido, e que toca a todos nós.


    abr...prof....

    ResponderEliminar
  2. Sabes, amigo? Parece que os nossos políticos rezam pela mesma cartilha. Infelizmente! :( Grande abraço.

    ResponderEliminar
  3. Ainda bem que estavas virado para "agradecimentos" =)
    abraços

    ResponderEliminar
  4. Um texto muito lúcido, Amigo Valente.
    Mas eu vou continuar a incomodar, garanto-te.....
    ... e é já no sábado...

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. E assim vamos vivendo, cada um há sua maneira, cada da melhor maneira que pode.

    Abraço.

    marinheiroaguadoce a navegar

    ResponderEliminar
  6. Pra variar "Sem papas na língua"!
    Cara! Simplesmente assino em baixo do que vc postou sobre esses filhos da... Nação, Essa pátria madrasta.
    Tenha um ótimo dia

    ResponderEliminar
  7. Um bom texto, uma boa visão deste Portugal. Mas meu caro assim ela fosse luz para os cegos, surdos e mudos que continuam na senda do "salve-se quem puder", bom trabalho, que venham muitos textos assim, reais e sem entrelinhas para fazer brilhar o que é escuro e sujo.

    ResponderEliminar
  8. Ah, mas com tanta maravilha este país é um "Oásis" :(:(:(

    Até arrepia

    bjgrande do lago

    ResponderEliminar
  9. DEMOCRACIA é a liberdade dada ao povo de maioritariamente escolher quem o governa.
    Dito assim, tout court, vivemos em democracia.

    O exercício do poder em democracia é uma outra questão.

    O que vivemos em Portugal é um exercício autocrático do poder, autoritário, obtida que foi a necessária(em democracia) legitimação desse mesmo poder.

    Um abraço.
    Jorge G.

    ResponderEliminar
  10. C.Valente
    Porque tudo isso é verdade ratifico e vou assinar.

    ResponderEliminar
  11. Ui... estamos a falar de Portugal?

    ResponderEliminar
  12. por tudo isso somos um portu.galito

    triste-----------real.idade

    gostei de ler

    jocas maradas

    ResponderEliminar