2017-06-20

FOGOS. FOGOS. FOGOS

  
Fala-se muito, pouco se faz.
Quando e por exemplo, e quando surgir, esperamos que não ficam todos admirados.
Percam um pouco de tempo e vejam o que se passa na mata do Monsanto em Lisboa.
Vejam a estrada que liga Cruz das Oliveiras, cadeia prisional, quartel da F.A,. São Domingos de Benfica.
É mato, é árvores com galhos podres e secos sobre a estrada, á beira da estrada as ervas secas, e o que mais se queira ver por ai, depois admiram-se e lamentam

Todos temos culpa de forma directa e indirecta, uns com muito mais grau de culpa que outras, e dos quais as entidades quer, camararias quer governamentais, quer muitos dos proprietário, que devido ao seu desleixo, descuido e indiferença deixa que as coisa más se acumulem.
Depois de casa ardida .... É que se tenta fazer algo que já não tem remédio

A vida humana é insubstituivel , e lamenta-se as vidas perdidas

Sem comentários:

Enviar um comentário