2009-01-25

Lutar pela auto-estima

Stress, depressão, crise, doença, estado físico e mental não é o melhor, sentido de inutilidade, deprimido, insegurança angustia, tantos sentidos ou sentimentos juntos eu por vezes não os sabemos distinguir, será uma doença. Um vírus da sociedade moderna.
O stress pode advir do excesso de trabalho, de preocupações de mudança de modo de vida, ou até mesmo da inactividade profissional, para uns um alívio, para outros nem tanto.
Há dias bons e outros menos bons é certo, conforme é o tempo também as pessoas, não só no sentido físico, como psicológico ou mental.
Todos nós temos crises, altos e baixos, mas o principal é sabermos conviver com essas situações, como se vive com o tempo, seja chuva, seja vento ou frio, com sol limpo com umas poucas nuvens, brancas como neve, que nos dá para contemplar, e descobrir figuras, de acordo com a imaginação de cada um, um cavalo que galopa, um homem correndo, uma ave gigante, num quadro de família, imagens simples ou fantasmagóricas, sempre em movimento como a vida que logo sofre mutações, ora se descortina nuvens negras que cobrem o sol e nos deixa tristes que tingem os céus de cor única e cinzenta.
Pode-se estar de rastos mas não vencido, é evidente que esses momentos doem, como setas que nos trespassa o corpo, feridas que parecem não quer cerar, mas á que lutar não desistir utilizando formas e engenho. Pode durar um pouco mais como os tempos de invernia em que o sol tarda em aparecer, mas não desanimamos, com a esperança que o sol virá, isso é certo.
Sabemos que dependendo dos sintomas ou situações, de avaliação de cada caso, poder-se-á que ter de recorrer á medicina, aos médicos é á medicação por eles prescrita., ou simplesmente á auto-confiança, mas aqui não se pretende, indicar um caminho, mas mais uma experiência talvez.
Sabemos que á muitas formas de reagir, quando estamos deprimidos pois depende de cada um, não somos todos iguais nem os momentos como os motivos são sempre os mesmos.
Há os vencidos, que se deixam arrastar pela dor e desanimam, desistem, até se agravar a situação que poderá levar ao suicídio, aqui será melhor levar as pessoas a um especialista e se tratar.
Os passivos que recorrem aos psicóticos, consultas médicas enfrascando-se em remédio se viver em constante angústia
Os que não se deixam abater, caiem, levantam-se, mesmo que devagar por eles próprios não se deixam vencer. Utilizando os métodos racionais e que julga necessário, criando uma auto-estima imprescindível, ao seu bem estar.
Para isso, sabemos quão importante é a solidariedade da família, dos amigos, dos apoios mesmo daqueles que não estão presentes, mas sabem enviar as suas mensagens de apoio e confiança, e não devemos desiludir os amigos.
Quando nos sentimos em baixo, há quem se isole um pouco, será uma protecção afim de não incomodar os outros até com o seu humor, isso também nos faz sentir bem, livres para só fazermos o que nos apetece, sem grandes compromissos de escritas, mesmo de não ir cumprimentar os amigos, eles entendem.
Uma outra situação, tentando envolver-se em trabalhos de bricolage, por vezes simples mas que nos absorvam, que nos dê tempo para limparmos as teias de aranha que nos incomoda e absorve. As crises vão e vem, nada é eterno, nem a alegria a felicidade, a desgraça ou a dor, tudo tem o seu tempo, e dado termos de viver assim pois é assim a VIDA com coisas boas e más, é preciso é coragem para ultrapassar o que não está bem, e gozar os momentos de felicidade quando surgem.

Na vida tudo passa, Só a morte com tudo acaba.
Os maus momentos servem para melhor apreciarmos os bons momentos

Tenho vindo muitas vezes ler as mensagens dos amigos e amigas que agradeço, não tenho correspondido, mas eles entende, por vezes passo a ler rápido os seus artigos mas não comento, desculpem é como estivesse num recolhimento de silêncio. A todos o meu obrigado.

13 comentários:

  1. Só se vive uma vez e temos a obrigação de desfrutar a vida da melhor maneira.
    Compreendendo o teu estado de espírito, que desejo passageiro, deixo-te um enorme abraço solidário.

    ResponderEliminar
  2. Querida amiga, obrigada por este texto, soube muito bem lê-lo. Tenho um amigo a passar por uma fase muito complicada e anda muito deprimido e por mais tentativas que eu faça para o ajudar, ele diz que ninguém o pode ajudar, tem que tomar medicação para se isolar do mundo e aguentar a angústia. Acalmou-me ler este seu texto e ajudou-me a compreender a necessidade do isolamento do meu amigo.
    Gostei de estar aqui, vou voltar com mais calma assim que conseguir, para ler o resto.
    Força!
    Muitas estrelinhas cintilantes aqui lhe deixo para iluminarem a sua semana com muito carinho, paz e alegria.
    Beijinhos carinhosos e abraço meiguinho.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Oie lindo, esse post está fantástico! A correira da vida, nos tem tirado a tranquilidade e nos levado ao isolamento, portanto todo cuidado é pouco, para evitar um stress e depressão.
    Boa semana! Beijos

    ResponderEliminar
  5. Genial Amigo:
    Um post brilhante. Sensível e de imensa significação, onde se dá um valor intenso aos sofredores e atingidos por doenças do foro psíquico.
    Admirável!
    Desculpe, o tardio comentário. Tive assuntos familiares sérios de saúde a resolver.
    Bem-Haja, pela gigantesca pessoa que é. Pelo preciosismo atento, sensato e lúcido presentes aqui.
    Gostei imenso de seguir, passo a passo, com um fantástico e fabuloso gesto de explanação sensacional e ideológico sentido de si e do que é.
    Perfeito!

    Abraço forte de respeito, estima e consideração.
    Cordialmente e com amizade

    pena

    OBRIGADO pela simpática visita ao meu "cantinho".
    Bem-Haja!

    ResponderEliminar
  6. Os momentos de introspecção fazem-nos sempre crescer, o importante é saber seguir em frente, com ânimo e um sorriso. Beijo

    ResponderEliminar
  7. Na vida apenas sabemos o que se passa no momento, porque o futuro é uma incógnita que tentamos moldar segundo a nossa vontade, bastas vezes sem êxito. Como reagimos a tempos menos bons? Sei lá, depende de cada um e de cada situação,mas enquanto estamos por cá, temos o dever e a obrigação de tentar viver o melhor que podemos e sabemos sem prejudicar os outros. É de liberdade que falo, e não concebo já viver completamente sem a liberdade.
    Cumps

    ResponderEliminar
  8. Isso da auto-estima é lixado :S
    Isolamento é bom mas cuidado com a depressão é importante pedir ajuda quando nos sentimos demasiado perdidos.
    Animo, forças e um grande abraço

    ResponderEliminar
  9. Amigo,
    seu blog ganhou um selo.
    Passe no Reflexos pra busca-lo e ler as regras referentes a ele.
    Abraços

    ResponderEliminar
  10. Força ai amigo....tudo de bom

    ResponderEliminar
  11. QUERIDO AMIGO C VALENTE, GOSTEI MUITO DO TEXTO... ADORARIA SE ME FOSSE VISITAR ONDE EU TENHO UM ARTIGO PUBLICADO MUITO PARECIDO COM O SEU E OUTRA ARTIGOS SEMPRE Á VOLTA DA PSICOLOGIA, SOCIOLOGIA ASTROLOGIA, ETC.
    O ENDERESSO É ESTE QUE AQUI ESTOU A POSTAR;

    fernandaastrologia.blogspot.com

    UM GRANDE ABRAÇO DE AMIZADE,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  12. Gostei muito deste teu post amigo.

    Um abraço.

    ResponderEliminar